finançasQuero passar a dica e um novo hábito para começar a poupar: receba seu salário ou renda e separe, no mesmo dia, uma parte para poupar. Retire o valor da sua conta corrente, transfira para uma aplicação e aprenda a viver com o resto. O melhor dia para poupar é o dia que você tem dinheiro na conta. Não espere sobrar, porque normalmente não sobra.
Alguns podem dizer: mas meu orçamento já está apertado, como vou poupar? Trabalho como palestrante e consultor financeiro há 14 anos e tenho diversos casos de pessoas que com esse simples hábito mudaram a vida financeira.
Tenho recebido várias reclamações sobre o aumento dos gastos, devido à inflação e, principalmente, sobre o achatamento e não correção do salário. Sei perfeitamente que isso está acontecendo e sinto na pele. O que digo é que inflação ou salário sem correção não são motivos para você se endividar.
Quem não controla e se endivida cai no círculo vicioso do endividamento: primeiro no cheque especial; depois um empréstimo consignado para sair do cheque especial e liquidar o cartão de crédito; depois outro consignado… Dessa forma, mês a mês, a pessoa passa a ter menos a receber e as finanças vão apertando.
Saia dessa! Comece uma poupança. Use, por exemplo, a poupança programada, essa sim, é uma prestação do bem, que vai ajudá-lo na conquista de seus sonhos.
Essa poupança no início deve ser usada para abater as suas dívidas, se houver, mas, o objetivo principal é lhe proporcionar a tranquilidade de ter uma reserva financeira, para uma eventualidade ou, como já citei, conquistar seus sonhos.
Baixe uma planilha gratuita no site www.erasmovieira.com.br
Viva em paz com seu dinheiro!
www.erasmovieira.com.br